Com as etiquetas: portal ateu Mostrar/esconder comentários | Atalhos de teclado

  • Helder Sanches 25 de July de 2013, às 14:12 Permalink | Responder
    Etiquetas: portal ateu   

    Arquivos do Portal Ateu disponíveis online 

    logo2009-ver2A par­tir de hoje, encontra-se dis­po­ní­vel online um arquivo fun­ci­o­nal do Por­tal Ateu, assim como se encon­tra activo o reen­ca­mi­nha­mento da url portalateu.com para o mesmo. Este arquivo é par­cial, con­tendo todos os arti­gos e comen­tá­rios até ao dia 5 de Setem­bro de 2011, data da última cópia de segu­rança disponível.

    O ende­reço do arquivo do por­tal Ateu é http://portal.ateu.pt.

    p5rn7vb
     
  • Helder Sanches 10 de February de 2013, às 13:16 Permalink | Responder
    Etiquetas: internet, portal ateu   

    Portal Ateu reencaminhado para Ateu.pt 

    No iní­cio de Janeiro, extinguiu-se ofi­ci­al­mente, por deci­são dos seus asso­ci­a­dos em assem­bleia geral extra­or­di­ná­ria, a asso­ci­a­ção PAMAP — Por­tal Ateu Movi­mento Ateísta Por­tu­guês, cujo sítio online se encon­trava em portalateu.com.

    Ficou tam­bém deci­dido na mesma assem­bleia geral que, uma vez extinta a asso­ci­a­ção e estando aquele sítio sem acti­vi­dade desde Outu­bro pas­sado, todo o espó­lio dos con­teú­dos fosse colo­cado numa pla­ta­forma gra­tuita (Blog­ger, Word­Press) em for­mato de arquivo morto, ape­nas para consulta.

    Enquanto isso não acon­tece, todos os visi­tan­tes do Por­tal Ateu serão reen­ca­mi­nha­dos para o Ateu.pt, garantindo-se, desta forma, a liga­ção de todos os visi­tan­tes daquele sítio a uma comu­ni­dade ateísta no activo.

    A todos aque­les que nos visi­tam atra­vés do reen­ca­mi­nha­mento do Por­tal Ateu, sejam bem vin­dos e usu­fruam deste espaço que é de e para ateus.

     
    • Ricardo Silvestre 11 de Fevereiro de 2013, às 17:52 Permalink | Responder

      Gos­tava de dei­xar aqui o meu desa­grado por esta deci­são, seja quem for que a tenha tomado.

      É curi­oso ver que o Por­tal Ateu, que na opi­nião de alguns que aqui estão como cola­bo­ra­do­res regu­la­res, esteve durante meses “man­chado” pelas pes­soas que lá escre­viam, agora já serve per­fei­ta­mente ali­men­tar de visi­tas este novo sítio.

      E não escapa tam­bém o des­ca­ra­mento de dire­ci­o­nar o “cami­nho” do Por­tal Ateu para este espaço, apro­vei­tando assim, sem qual­quer ver­go­nha, todo a obra que durante anos cer­tas pes­soas cons­trui­ram com tra­ba­lho e dedi­ca­ção, para pro­mo­ver quem nada teve a ver com esse pro­jecto, ou pior, que muito fize­ram para que ele aca­basse da forma como acabou.

      É bem ver­dade que o domí­nio http://www.portalateu.com per­tence ao Hel­der, mas o Por­tal Ateu não devia estar a ser uti­li­zado para pro­mo­ver este sítio e estas pes­soas, enca­po­tado por inten­ções de “comu­ni­dade” e “actividade”.”

    • Helder Sanches 11 de Fevereiro de 2013, às 19:31 Permalink | Responder

      Olá, Ricardo,

      Folgo em saber que te encon­tras bem… como não te vi na assem­bleia geral ordi­ná­ria, nem na assem­bleia geral extra­or­di­ná­ria da PAMAP, local onde se dis­cu­ti­ram e deci­di­ram os últi­mos fôle­gos da asso­ci­a­ção cujo cargo de pre­si­dente da direc­ção foi por ti ocu­pado durante pra­ti­ca­mente todo o tempo útil de vida da mesma, che­guei a pen­sar que te tives­ses afas­tado das lides ateís­tas em defi­ni­tivo. Che­guei a equa­ci­o­nar perguntar-te se assim era no teu blog pes­soal sobre ateísmo, mas como não auto­ri­zas comen­tá­rios, desisti.

      Natu­ral­mente, subs­crevo total­mente o teu direito à indig­na­ção. Ou o de qual­quer outra pes­soa. Até eu me sinto indig­nado, vê lá! Afi­nal, quando eu saí do Por­tal Ateu e me demiti do cargo na direc­ção da PAMAP, dei­xaste bem claro que esta­vam reu­ni­das as con­di­ções para a PAMAP via­jar mais alto e que a equipe que então se cons­truía é que era. Recordas-te do pro­grama da direc­ção que apre­sen­taste em Junho de 2011? Eu recordo-me. Recor­daste de ter atin­gido algum dos objec­ti­vos? Eu, não! Por isso, com­pre­endo a tua indignação.

      Mas, parece-me que, neste caso, a tua indig­na­ção se deve a teres inter­pre­tado mal o texto deste artigo. Repara (lê de novo, se neces­sá­rio), este reen­ca­mi­nha­mento ape­nas estará no ar até que quem de direito resolva colo­car uma cópia dos arti­gos do Por­tal Ateu numa pla­ta­forma gra­tuita. Assim que esse arquivo esti­ver no ar, o reen­ca­mi­nha­mento será acti­vado para lá. Foi isso que ficou deci­dido na assem­bleia geral extra­or­di­ná­ria da PAMAP. Sabe­rias disso se tives­ses estado pre­sente. O des­ca­ra­mento é, por­tanto, todo teu ao igno­ra­res o que está escrito e o que foi deci­dido em assem­bleia geral.

      E, já agora, sem pinga de ver­go­nha é a tua insi­nu­a­ção de que eu ou qual­quer outro ele­mento comum entre este site e o Por­tal Ateu possa ser res­pon­sa­bi­li­zado pela forma que o Por­tal Ateu ter­mi­nou. A única res­pon­sa­bi­li­dade é tua, dada a tua inca­pa­ci­dade de con­se­gui­res aglo­me­rar inte­res­ses e de cati­va­res pes­soas. Não sacu­das a água do capote e faz um exame de cons­ci­ên­cia… és capaz de não gos­tar do que vais encontrar.

      Vai apa­re­cendo e comen­tando… em nome da comunidade.

    • Rui Rodrigues 11 de Fevereiro de 2013, às 21:56 Permalink | Responder

      Ricardo,

      Res­pondo ape­nas por­que serei cer­ta­mente um dos visa­dos desta frase: “na opi­nião de alguns que aqui estão como cola­bo­ra­do­res regulares”.

      Eu tam­bém gos­tava de dei­xar aqui o meu desa­grado pelo teu habito de não refe­ri­res direc­ta­mente as pes­soas. Não fica bem, não é fron­tal, e dá um certo ar de lamuria.

      Posto isto, faço minhas as pala­vras do Hel­der: Não te vi na assem­bleia geral ordi­ná­ria, nem na assem­bleia geral extra­or­di­ná­ria da PAMAP. Teria sido o sitio indi­cado para mos­tra­res o teu desa­grado com todas as deci­sões que enten­des­ses não esta­rem bem.

      Em rela­ção à acu­sa­ção de pro­mo­ção do sitio e das pes­soas, enca­po­tado por inten­ções de “comu­ni­dade”. Esta acu­sa­ção vinda de quem vem, é de uma enorme ironia.

      E já agora, o que é que tens feito pela divul­ga­ção do ateísmo ultimamente?

      Cum­pri­men­tos,

      RR

    • Tito Casquinha 12 de Fevereiro de 2013, às 2:08 Permalink | Responder

      Hél­der

      Quero tam­bém aqui mos­trar o meu desa­grado por esta tua acção ines­pe­rada de reen­ca­mi­nha­mento do domí­nio portalateu.com para este teu novo projeto.

      Per­ten­ceste à Dire­ção da PAMAP, saíste por tua von­tade. Tiveste opi­niões con­trá­rias à da última Dire­ção e nunca te coi­biste de expres­sar o teu desa­grado pela linha edi­to­rial do PA, como é teu direito de asso­ci­ado e de cida­dão inte­res­sado na temá­tica — fair enough. Reen­ca­mi­nhar o acesso ao domí­nio do portalateu.com para ateu.pt é por­tanto hipo­cri­sia. Fazê-lo sem infor­mar o deten­tor do con­teúdo é velha­quice. O facto de nunca teres pas­sado a pro­pri­e­dade do domí­nio (que sem­pre esteve no teu nome pes­soal) para a dire­ção da PAMAP ou sim­ples­mente para o seu web­mas­ter mos­tra pre­me­di­ta­ção. Ale­gar que o “bac­kup” está por fazer, quando o site e todos os seus posts se encon­tra­vam dis­po­ní­veis para con­sulta a todos num alo­ja­mento pago por ainda lar­gos meses é inven­tar um pro­blema que não existe para já.

      Não faço ideia se outros cola­bo­ra­do­res do ateu.pt foram ouvi­dos nesta reen­ca­mi­nha­mento de domí­nio, mas se forem gente de ver­go­nha cer­ta­mente levan­ta­rão obje­ções a esta deci­são pois não que­re­rão par­ti­lhar desta mon­ta­nha de hipo­cri­sia por ela gerada.

      Não lava­rei mais roupa suja em público. Que o blog ateu.pt tire bom pro­veito do trá­fego gerado pelo domí­nio portalateu.pt cujos con­teú­dos foram cri­a­dos por todos os cola­bo­ra­do­res do PA (onde tu tam­bém te incluis, e o Ricardo e outros tan­tos). Boa sorte para o ateu.pt pois é urgente defen­der e pro­mo­ver o ateísmo em português.

      (Se me res­pon­de­rem, tal como fize­ram com o Ricardo, ati­rando com as falhas desta última direc­ção da PAMAP, com a minha ausên­cia na última Assem­bleia Geral e com a minha ausên­cia de posts no PA, con­si­de­ra­rei que estão a fugir ao assunto em causa, que o é do reen­ca­mi­nha­mento do domí­nio portalateu.com)

      Cum­pri­men­tos
      Tito Casquinha

    • Helder Sanches 12 de Fevereiro de 2013, às 11:19 Permalink | Responder

      Tito,

      Sin­ce­ra­mente, já não tenho muita paci­ên­cia para res­pon­der a tanto dis­pa­rate. Mas dou-te o bene­fí­cio da dúvida, uma vez que che­gaste tarde ao Por­tal Ateu e enquanto lá esti­veste nunca te vi a par­ti­ci­par numa reu­nião deci­só­ria e, quer quei­ras, quer não, é aí que se tomam decisões.

      Como não tenho jeito para o dese­nho, vamos a uma story-line.

      O domí­nio foi por mim regis­tado — ainda antes de sequer conhe­cer o Ricardo Sil­ves­tre pes­so­al­mente — em Outu­bro de 2007.

      Em Feve­reiro de 2008, o Por­tal Ateu arran­cou com uma equipa diver­si­fi­cada, dos quais ape­nas o Ricardo per­ma­ne­ceu até Outu­bro de 2012.

      Em Setem­bro de 2009, foi cri­ada a asso­ci­a­ção PAMAP, base­ada na estru­tura do sitio Por­tal Ateu.

      Quando em mea­dos de 2011 eu abdi­quei de cola­bo­rar no sitio Por­tal Ateu e me demiti da Direc­ção da PAMAP, desde logo me dis­po­ni­bi­li­zei para pas­sar o domí­nio para a asso­ci­a­ção, pondo como única con­di­ção que se o mesmo alguma vez viesse a ser cedido/vendido/alienado eu teria sem­pre opção de esco­lha. Esse pro­cesso nunca foi avante por inér­cia da Direc­ção da PAMAP, da qual tu, entre­tanto, pas­saste a fazer parte. Jamais pas­sa­ria os direi­tos do domí­nio Por­tal Ateu sem me pre­ca­ver con­tra a uti­li­za­ção abu­siva do mesmo para apro­vei­ta­mento pes­soal, fosse de quem fosse.

      Em Outu­bro de 2012, o sitio Por­tal Ateu entra em modo banho-maria, que é como quem diz, todos os seus cola­bo­ra­do­res dei­xa­ram de se pre­o­cu­par com o mesmo.

      No iní­cio de Janeiro de 2013 a PAMAP é extinta por deli­be­ra­ção dos sócios em assem­bleia geral extra­or­di­ná­ria, mar­cada para o efeito. Nesse mesmo acto, foi deci­dido que o arquivo dos con­teú­dos seria colo­cado num alo­ja­mento gra­tuito e que deve­ria ser facul­tado uma cópia/backup a todos os que, ao longo des­tes quase cinco anos, cola­bo­ra­ram com o Por­tal Ateu. Assim que esse arquivo morto esteja no ar e as cópias forem dis­po­ni­bi­li­za­das para todos os cola­bo­ra­do­res que pas­sa­ram pelo Por­tal Ateu, este reen­ca­mi­nha­mento passa a ser feito para o novo domínio.

      Por­tanto, caro Tito, gente de ver­go­nha não tenta recons­truir os acon­te­ci­men­tos. Velha­quice é que­rer encon­trar argu­men­tos em cima de rea­li­da­des alter­na­ti­vas e ten­tar bran­quear os acon­te­ci­men­tos que real­mente importam.

      Cum­pri­men­tos

    • Jairo Filipe 13 de Fevereiro de 2013, às 10:27 Permalink | Responder

      Eu não sei quem tem razão, mas todos vocês são gran­des cómicos.

      http://oneoateismoportugues.blogspot.pt/2013/02/smash-para-match-point.html

    • Helder Sanches 13 de Fevereiro de 2013, às 12:44 Permalink | Responder

      Jairo, pá, já eu não me rio do que escre­ves por­que não leio o que escre­ves, des­culpa lá.

    • Helder Sanches 25 de Julho de 2013, às 14:03 Permalink | Responder

      Con­forme expli­cado no texto ini­cial, o reen­ca­mi­nha­mento do Por­tal Ateu pas­sou hoje a ser feito para os arqui­vos do mesmo site. Assim, quem hoje digi­tar portalateu.com irá encon­trar os arqui­vos do mesmo até 5 de Setem­bro de 2011, data da última cópia de segu­rança dis­po­ní­vel, uma vez que a direc­ção demis­si­o­ná­ria (ou quem de direito fosse res­pon­sá­vel pela manu­ten­ção do site) à data da Assem­bleia Geral Extra­or­di­ná­ria que ditou o encer­ra­mento da PAMAP e do Por­tal Ateu não se dig­nou — ainda — a dis­po­ni­bi­li­zar a cópia de segu­rança final, onde cons­ta­riam todos os arti­gos na integra.

c
Compose new post
j
Next post/Next comment
k
Previous post/Previous comment
r
Responder
e
Editar
o
Show/Hide comments
t
Go to top
l
Go to login
h
Show/Hide help
shift + esc
Cancelar