creation

Cri­a­ci­o­nismo Fundamentalista

O Antigo Tes­ta­mento diz que foi Deus quem criou as espé­cies ani­mais todas de uma vez, tal como as que exis­tem hoje. Os cri­a­ci­o­nis­tas (tipi­ca­mente fun­da­men­ta­lis­tas cristãos/muçulmanos) acre­di­tam nisto!

Mas, do mesmo modo, a Bíblia diz que Deus criou as lín­guas todas de uma vez — o epi­só­dio da Torre de Babel. Nin­guém acre­dita nisto, nem os cri­a­ci­o­nis­tas, pois a his­tó­ria das lín­guas está docu­men­tada POR ESCRITO!

Con­vi­de­mos o cri­a­ci­o­nista a fazer o seguinte raci­o­cí­nio: Há 2000 anos não havia a lin­gua por­tu­guesa nem a lin­gua inglesa, certo?. Como é que apa­re­ceu a pri­meira cri­ança que falou por­tu­guês? e a pri­meira cri­ança que falou inglês?… como é que a cri­ança enten­dia os pais e os amigos?

Se o cri­a­ci­o­naista raci­o­ci­nar pri­meiro sobre este tema estará pre­pa­rado para raci­o­ci­nar sobre evo­lu­ção e a Ori­gem das Espé­cies… Por outro lado, se não per­ce­ber este assunto, não estará pre­pa­rado para raci­o­ci­nar sobre abso­lu­ta­mente nada.

 

Cri­a­ci­o­nismo Pseudo-Científico

Prin­cí­pio Antró­pico — os cri­a­ci­o­nis­tas que aban­do­na­ram a visão fun­da­men­ta­lista viraram-se para a pseudo-ciência, dizendo que o Uni­verso mos­tra sinais de afi­na­ção para a exis­tên­cia Humana — ou seja, o Uni­verso foi pla­ne­ado e pre­pa­rado para a exis­tên­cia Humana.

Um Uni­verso afi­nado para a exis­tên­cia Humana?

1. O Uni­verso existe há 13.700.000.000 anos. Os seres huma­nos, na sua forma seme­lhante à actual, só exis­tem há 100.000 anos. O Uni­verso exis­tiu quase todo o tempo sem humanos.

2. O Uni­verso é com­posto prin­ci­pal­mente de espaço vazio. Os seres huma­nos não sobre­vi­vem no vácuo.

3. O Uni­verso tem mui­tos milha­res de milhões de galá­xias. Os seres huma­nos só se encon­tram num pequeno pla­neta, que orbita uma média estrela, entre milhões de uma galá­xia mediana…

4. O pla­neta Terra existe há 4.500.000.000 anos. Os seres huma­nos, na sua forma seme­lhante à actual, só exis­tem há 100.000 anos.

5. Mais de 70% da super­fí­cie da Terra é coberta por água, mas o ser humano neces­sita de oxi­gé­nio atmos­fé­rico para viver e não con­se­gue res­pi­rar den­tro de água!

6. A maior parte da super­fí­cie sólida do pla­neta Terra é inós­pita para a vida humana.

7. A espe­rança média de vida de um ser humano é de pouco mais de oitenta anos.
Mui­tos seres vivos vivem cen­te­nas de anos. As estre­las “vivem” milha­res de milhões de anos.